Dicas SaberExcel.com
Dicas de domínio público Aplicativo Excel  


Dicas do Aplicativo Excel
Saberexcel – Curso Introdução a Informática Básica
 

Ache o valor máximo de uma planilha com o Excel /2003

Você tem uma planilha que faz o acompanhamento diário da variação de um número qualquer: valor do dólar, faturamento do caixa de sua empresa, medições num laboratório. Enfim, uma planilha que inclui uma coluna para datas e outra para valores. Num documento desse tipo, como localizar, na coluna de datas, a célula correspondente ao valor máximo (ou mínimo) registrado?

A dificuldade, aqui, reside no fato de você não saber de antemão até onde se estendem as colunas, já que os pares data-valor vão sendo adicionados com o tempo. Em outras palavras, você quer descobrir qual o maior valor de uma região em aberto. Uma solução pode ser a seguinte. Admita que as datas estão na coluna A e os valores na B. A primeira linha é ocupada com títulos: Data, Valor. Admita, também, que esses dados sempre formam um par: não há data sem valor nem vice-versa. O primeiro passo consiste em nomear a coluna B. Acione Inserir/Nome/Definir e digite, em cima, o nome Dados (Valor não é adequado: existe uma função com esse nome). Embaixo, escreva:  uma range dinâmica

=DESLOC(Plan1!$B$2;0;0;CONT.VALORES(Plan1!$B:$B)-1)

Você criou uma fórmula chamada Dados. A função CONT.VALORES verifica quantas células preenchidas existem na coluna B. A subtração de 1, no final, desconta a célula B1, que contém o título. A fórmula acima tem apenas um papel auxiliar: retorna uma referência à coluna B e será usada na fórmula seguinte, que você pode incluir em qualquer célula:

=DESLOC(A1;CORRESP(MÁXIMO(Dados);Dados;0);0)

Esta nova fórmula fornece a data na coluna A que faz par com o valor máximo registrado na coluna B. Se você quiser a data para o valor mínimo, basta trocar aí a função MÁXIMO por MÍNIMO. Como as colunas de dados tendem a crescer, crie, no início da planilha, uma célula para exibir a data de máximo e outra para a data de mínimo. Lembrete: naturalmente, o valor máximo ou mínimo pode ocorrer mais de uma vez. Essa solução aponta apenas o primeiro. Você pode ampliá-la para encontrar os demais.


 

Saberexcel – Curso Introdução a Informática Básica – Dicas do Excel 3

Há outra solução interessante derivada dessa primeira: é possível criar um gráfico que incorpore automaticamente os novos valores diários incluídos na planilha. Mais uma vez, acione Inserir/Nome/Definir e digite a fórmula Eixo_X:

=DESLOC(Plan1!$A$2;0;0;CONT.VALORES(Plan1!$A:$A)-1)

Agora, crie um gráfico - melhor em outra planilha, para ocupar todo o espaço disponível. Inicialmente, conclua o gráfico vazio. Em seguida, clique nele com o botão direito e escolha Dados de Origem. Abre-se uma janela com esse nome. Escolha a orelha Seqüência e clique no botão Adicionar. Agora, na caixa Nome, dê um título para o gráfico. No campo Valores, digite:

=Plan1!Dados

Isso diz ao Excel quais dados devem ser usados para gerar o gráfico. Por fim, na caixa Rótulo dos Eixos das Categorias (X), informe:

=Plan1!Eixo_X

O gráfico está pronto. Para testá-lo, vá à planilha e inclua novos pares data-valor. Funciona! De agora para a frente, alimente os dados e o gráfico vai se fazer sozinho.